02.04.2018 | 12h14

O ‘vírus do bolsonarismo’

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, cobrou nesta segunda-feira, 2, rigor do governo de Beto Richa (PSDB) na investigação sobre os disparos com arma de fogo contra ônibus da caravana de Lula no interior do Paraná, no último dia 27.

“A Secretaria de Segurança Pública e o governo do Paraná têm o dever de investigar com rigor o atentado do dia 27 e levar seus autores à Justiça”, afirmou ela em texto no site do partido. Segundo ela, houve “complacência e a omissão de alguns comandantes de polícia infectados pelo vírus do bolsonarismo”.


Mais conteúdo sobre:

Gleisi HoffmannBeto RichaLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO