28.08.2018 | 10h49

O ‘vale-educação’ de Amoêdo

João Amoêdo é questionado pelos entrevistadores da sabatina Estadão/Faap sobre sua proposta de distribuir vales para que alunos de baixa renda possam estudar em escolas particulares. Os sabatinadores perguntam se isso não seria uma forma de privatização da educação e uma admissão de que ele não vai investir para melhorar a escola pública.

Ele afirmou que não vê por que não se pode dar aos mais pobres o “direito” de matricular os filhos numa “escola melhor”, escorregando na resposta e confirmando que avalia que a educação privada é melhor que a pública.


VOLTAR PARA O ESTADÃO