05.04.2018 | 06h04

O trâmite até a prisão de Lula

O trâmite burocrático até a prisão de Lula envolve a expedição de um ofício da presidente do STF, Cármen Lúcia, para o TRF-4, informando que foi cassada a liminar que impedia o cumprimento da pena do petista e denegado o habeas corpus.

A defesa de Lula ainda pode apresentar embargos dos embargos ao TRF-4, mas esses costumam ser negados sem análise. Depois, o presidente do TRF-4, desembargador Thompson Flores, expede outro ofício para o juiz Sergio Moro determinando que faça cumprir a sentença. E Moro decreta a prisão. Antes disso, porém, a defesa de Lula ainda tem prazos para ser informada e pode tentar novos recursos a outros tribunais (um agravo, por exemplo). Nada acontece ainda nesta semana. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO