24.08.2018 | 19h33

O tiro vai sair pela culatra?

Na Bahia, a chapa majoritária formada pelo governador Rui Costa (PT) para tentar a reeleição causou polêmica entre aliados tradicionais. Para incluir o presidente da Assembleia Legislativa baiana, Ângelo Coronel (PSD), como um dos candidatos ao Senado, Costa barrou a tentativa de reeleição da senadora Lídice da Matta, do aliado PSB. A outra vaga na chapa estava destinada para Jaques Wagner (PT).

Lídice acabou sendo candidata a Câmara dos Deputado e, agora, vê Coronel custar a decolar nas pesquisas. Pelo Ibope, ele está apenas em quarto lugar, atrás de Wagner com 34%, Irmão Lázaro (PSC), com 23% e Jutahy Magalhães (PSDB), com 14%. Coronel tem apenas 7%. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

eleições na BahiaLídice da Matta
VOLTAR PARA O ESTADÃO