05.01.2019 | 14h21

O terceiro turno de Bolsonaro e Haddad

José Bolsonaro e Fernando Haddad travam neste sábado uma espécie de debate fora de época no Twitter. É como se o presidente e o oponente derrotado disputassem um terceiro turno nas redes sociais.

Diante de um tuíte do petista, Bolsonaro atacou: “Haddad, o fantoche do presidiário corrupto, escreve que está na moda um anti-intelectualismo no Brasil. A verdade é que o marmita, como todo petista, fica inventando motivos para a derrota vergonhosa que sofreram nas eleições, mesmo com campanha mais de 30 milhões mais cara”. Haddad esclareceu que a expressão era do jornal alemão Deutsche Welles, mas ironizou: “Se você já se sentir seguro para um debate frente a frente, estou disponível. Forte abraço!”, numa referência à ausência de Bolsonaro nos debates na campanha. / V.M.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO