18.07.2018 | 06h45

O ‘sempre cabe mais um’ de França

Diante da aproximação cada vez maior de seu antecessor, Geraldo Alckmin, com João Doria, o governador de São Paulo, Márcio França (PSB), diz em entrevista ao Estadão que todos os presidenciáveis de partidos que estiverem em sua aliança serão recebidos em eventos de sua campanha em São Paulo.

Ele diz que o PSB ainda não definiu o que fazer na eleição. “Sou amigo do Ciro. Fui líder dele quando éramos deputados e ele era do PSB. Respeito muito ele, mas meu partido não tem essa convicção batida em martelo. Existem algumas decisões polêmicas.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO