01.04.2018 | 15h50

O Robin Hood às avessas

O economista e consultor Alexandre Schwartsman, ex-diretor do Banco Central, faz duras críticas à política econômica defendida por boa parte da esquerda no País, em entrevista publicada neste domingo, 1º de abril, pelo  jornalista Mario Vitor Rodrigues em seu blog no Estadão.

“O tipo de política econômica preconizado pelo pessoal de esquerda no Brasil acaba favorecendo os mais ricos, como se fosse um Robin Hood às avessas”, diz Schwartsman. “O exemplo mais óbvio é o BNDES, que deu dinheiro para o Eike Batista, para a JBS, enriqueceu um monte de gente.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO