03.09.2018 | 14h41

O ‘risco de morte’ de Bolsonaro

O presidenciável Jair Bolsonaro manifestou recentemente preocupação com o risco de morte que corre durante a campanha eleitoral. Segundo reportagem do jornal Estado de Minas, Bolsonaro declarou que anda com escolta de policiais federais até para ir à padaria. “Determinaram e eu, como bom capitão do Exército, cumpro”, afirmou. “Vou na padaria com eles, porque, segundo um estudo que fizeram de um possível risco de morte aqui, o nível máximo sou eu”, afirmou.

Bolsonaro prometeu até dar uma “seguradinha” em suas polêmicas declarações no período — promessa que até agora não se concretizou. “Não é paz e amor, vou continuar fazendo a mesma coisa, talvez polindo um pouco mais uma palavra ou outra.” / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO