24.04.2018 | 12h45

O que quer a defesa de Lula?

Que o PT e os petistas passem os dias dizendo que Lula é um preso político, vá lá. É uma estratégia política, ainda que questionável. Agora, a defesa de Lula consignar isso por escrito em recursos aos tribunais superiores parece uma opção arriscada.

Nos recursos especial (STJ) e extraordinário (STF) impetrados nesta semana, os nove advogados do petista que assinam as peças dizem que ele foi vítima de excesso de acusação, foi julgado por um juiz de exceção e sem respeito ao devido processo. As duas Cortes já se manifestaram no caso Lula várias vezes. O que acham os advogados? Que os ministros vão concordar com esses argumentos? / V.M.


Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO