03.07.2018 | 11h53

O que prevê o PLDO

Em parecer sobre o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), o relator Dalirio Beber (PSDB-SC) propõe corte de 10%  das despesas de custeio administrativo em 2019, a proibição de novos reajustes salariais a servidores e a não correção de alguns auxílios pagos aos funcionários.

A criação de novos cargos pelo governo também ficaria proibida, com exceção apenas na saúde, educação, segurança pública e defesa. As informações são do Valor.


Mais conteúdo sobre:

LDO
VOLTAR PARA O ESTADÃO