19.02.2019 | 09h16

‘O que há de pior no governo’

“Bolsonaro vai a reboque da onda que o trouxe até aqui. O presidente é um híbrido com muito mais tempo de vida dentro do que fora da privilegiatura. Não decidiu ainda nem de que lado da mesa da negociação da Previdência quer se sentar”, escreveu Fernão Lara Mesquita no Estadão.

Para o colunista, desde a eleição, a família Bolsonaro, incluindo, claro, o presidente, tem se mostrado como o que há de pior no governo Bolsonaro. E isso oferece grande risco à aprovação da reforma da Previdência e ao pacote anticorrupção do ministro Sérgio Moro.


VOLTAR PARA O ESTADÃO