05.08.2018 | 14h57

O primeiro pedido de impugnação de Lula

Não demorou muito para surgir a primeira contestação da candidatura de Lula à Presidência. Poucas horas depois de seu nome ser confirmado pelo PT, no sábado, 4, o procurador da Prefeitura do Recife, Charbel Maroun, ligado ao MBL de Pernambuco e pré-candidato a deputado federal pelo Novo, entrou com pedido de impugnação da candidatura do ex-presidente no TSE.


Segundo informações publicadas pelo MBL no Facebook, Maroun baseia o pedido em ação já rejeitada pela Justiça Eleitoral, na qual o movimento solicitava a impugnação da candidatura de Lula antes de ela ser oficializada pelo PT, alegando que o petista seria mesmo inelegível pela Lei da Ficha Limpa, em razão de sua condenação em segunda instância. Agora, com a oficialização do nome de Lula, Maroun entende que há um “fato novo” para justificar um novo pedido de impugnação. / José Fucs

Charbel Maroun, candidato a Dep. Federal pelo Partido Novo em Pernambuco, acaba de entrar no TSE solicitando a…

Publicado por MBL – Pernambuco em Sábado, 4 de agosto de 2018

VOLTAR PARA O ESTADÃO