01.08.2018 | 13h23

O ‘Prêmio Magda’ de Raquel Dodge

O cientista político Emir Sader, petista “de carteirinha” e lulista apaixonado, foi alvo de uma saraivada de críticas e chamado de “machista”, depois de publicar um post no Twitter hostilizando Raquel Dogde, Procuradora-Geral da República, por ter recomendado ao STF a rejeição do recurso de Lula, para ele ser solto.


“Dodge leva o Premio Magda do mês: Calada!”, afirmou Sader, em referência ao personagem Magda, interpretado pela atriz Maria Orth no programa Sai de Baixo, exibido anos atrás pela TV Globo. “Machista detected. Quem é você para calar qualquer mulher? Lambe botas.”, escreveu uma internauta, simbolizando o tom da reação contra Sader. “Machismo de esquerda pode sim. Ninguém liga, ninguém censura, a turma do lacre agradece e aplaude!”, disse outra leitora. / J.F.

VOLTAR PARA O ESTADÃO