08.08.2018 | 16h41

O potencial de Haddad

Empatado com Marina Silva entre os eleitores de São Paulo, Fernando Haddad começa a mostrar potencial de crescimento, avalia o cientista político Claudio Couto, da FGV, em entrevista ao Broadcast.

Com 8,3% das intenções de voto na pesquisa estimulada da CNT/MDA, o petista pode atrair eleitores de esquerda que antes consideravam votar em Ciro Gomes (PDT) ou Marina Silva (Rede) por exemplo, por demonstrar maior potencial de vencer. “Vai ficando claro que ele deve ser o candidato do Lula e, com o eleitor tomando conhecimento disso, o dado é animador para Haddad”, diz Couto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO