10.07.2018 | 09h51

O ‘plano de tumulto’ do PT

Toda a confusão causada no domingo pelo pedido de habeas corpus de Lula pode ter sido exatamente o que esperava o PT, diz a coluna Poder em Jogo, do Globo. A nova estratégia do partido seria registrar a candidatura de Lula no dia 15 de agosto e colocá-lo como candidato no horário eleitoral gratuito. Assim, o processo eleitoral se mantém tumultuado até pelo menos a sentença, que sairia a partir da metade de setembro.


VOLTAR PARA O ESTADÃO