25.07.2018 | 14h48

O palanque tucano de Bolsonaro (1)

Geraldo Alckmin praticamente elegeu Jair Bolsonaro como o adversário a ser batido na sua campanha presidencial. Os dois querem o eleitorado mais conservador e o de centro e o deputado do PSL tem levado ampla vantagem nessa disputa até agora.

Mas, no Mato Grosso, PSDB e PSL oficializaram sua coligação em torno da reeleição do governador tucano Pedro Taques. E Taques confirmou que abrirá seu palanque tanto para Alckmin como para Bolsonaro. /Marcelo de Moraes

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO