03.07.2018 | 07h16

O nó da eleição em Minas

Depois de eleger prefeito de Belo Horizonte o verdadeiro outsider de 2016, Alexandre Kalil, o eleitor mineiro se vê diante de um quadro eleitoral que inclui políticos desgastados, como Dilma Rousseff e Aécio Neves. “Se mantiver o “espírito do contra” que levou Kalil para a prefeitura, vocês sabem quem vai se dar bem, não é? Ou já está se dando…”, analisa Eliane Cantanhêde sobre a disputa presidencial no segundo maior colégio eleitoral do País, em sua coluna no Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO