28.08.2018 | 12h50

O ‘nanico’ horário eleitoral

“Apesar da disseminação das redes sociais, muitos políticos ainda apostam no rádio e na televisão para conquistarem eleitores”, afirma Eliana Passarelli, em artigo na Folha, mesmo com os programas estando mais compactos.

O horário eleitoral gratuito, que começa na sexta-feira, 31, será dividido em dois blocos de 25 minutos cada. E será o mais compacto desde as eleições de 1989. Vai ao ar durante 35 dias – houve uma redução de 10 dias desde a última eleição -, metade do tempo se comparado às eleições gerais desde 1989.


VOLTAR PARA O ESTADÃO