29.10.2018 | 07h16

O mano a mano de Bolsonaro e Lula

Luiz Inácio Lula da Silva foi suplantado por Jair Bolsonaro neste domingo. Esta é a grande fotografia que fica do resultado do segundo turno. Fernando Haddad sempre foi um dublê de corpo numa eleição que desde cedo se tornou plebiscitária entre o lulismo e o antilulismo. O embate entre dois políticos personalistas, com a radicalização da polarização na política brasileira, foi a tônica desta eleição. Escrevi sobre ele em análise para a edição impressa do Estadão. / V.M.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO