25.10.2018 | 11h37

O jogo de Ciro

Se declarar voto em Fernando Haddad na sexta à noite, como tudo indica que deve ocorrer, Ciro Gomes estará mantendo sua estratégia de olho em 2022. Embora goste pessoalmente de Haddad, ele não perdoa o PT por sabotar sua candidatura e se prepara para concorrer novamente ao Planalto longe dos petistas. Mas fará um gesto político.

Apoiar Haddad apenas na véspera da eleição dificilmente produzirá algum efeito que ameace o favoritismo de Jair Bolsonaro. Mas, segundo informa o site Focus.Jor, do Ceará, Ciro estaria marcando sua posição de democrata e atendendo também o “pedido” de artistas que votaram nele no primeiro turno, como Sônia Braga e Beth Carvalho, que gravaram vídeos fazendo esse apelo a ele. Docemente constrangido, Ciro atenderia seu eleitorado. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Ciro
VOLTAR PARA O ESTADÃO