15.03.2019 | 19h02

O governo e sua capacidade de gerar as próprias crises

O governo federal tem demonstrado enorme capacidade de produzir suas próprias crises. Mesmo não tendo ainda completado três meses de existência, o governo repete com o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, os mesmos erros cometidos no processo que culminou com a queda de Gustavo Bebianno da Secretaria-Geral da Presidência.

Com Vélez, novamente ocorre o processo de disputa interna e de fritura pública do ministro. Evidentemente, Vélez acrescenta um toque a mais na confusão ao demonstrar um inexplicável apego ao cargo, depois de ter sido exposto negativamente diversas vezes. Pior para o governo, que sofre mais desgaste numa área tão sensível como a da Educação. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Ricardo Vélez Rodrigues
VOLTAR PARA O ESTADÃO