05.08.2018 | 11h27

O fingimento de Haddad e Manuela

Eliane Cantanhêde faz um pedido em sua coluna no Estadão deste domingo, 5: que Fernando Haddad (PT) pare de fingir que não é candidato (quando todo mundo sabe que Lula está inelegível) e que Manuela D’Ávila (PCdoB) pare de fingir que é (já que seu partido deverá estar junto dos petistas nas eleições de outubro).

“Agora, só faltam duas coisas: Lula largar o osso e os candidatos convencerem quem mais importa, Sua Excelência, o eleitor, de que o vice é para continuar sendo só vice até o fim, sem impeachment. Que os céus nos protejam!”


VOLTAR PARA O ESTADÃO