03.06.2018 | 09h12

O fim dos reajustes diários da Petrobrás

O governo poderá acabar até o fim do mês com a política de reajustes diários da gasolina nas refinarias da Petrobrás, implementada pelo ex-presidente da empresa, Pedro Parente.

Segundo reportagem do Globo deste domingo, 3, a ideia é dar maior estabilidade para o preço dos combustíveis nas bombas sem afetar as decisões e as finanças da Petrobrás. A saída poderá ser a criação de uma espécie de tributação flutuante, que varie de acordo com a oscilação do dólar e do preço do petróleo no exterior.


VOLTAR PARA O ESTADÃO