24.10.2018 | 20h27

O ‘fenômeno’ Bolsonaro decifrado por Dornelles

Ao falar sobre o “fenômeno” Bolsonaro, seu correligionário no PP por quase duas décadas, o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, diz em entrevista à revista Época desta semana que o presidenciável do PSL é um “obstinado” que “acreditou nele mesmo”. Segundo Dornelles, “nunca houve no Brasil um candidato que veio de baixo, sem partido, e teve esse sucesso.”

Em sua visão, Bolsonaro soube explorar o antipetismo num momento em que o PT caiu em desgraça no País, mas vai além disso. “Bolsonaro se apresentou contra o ‘status quo’ e as regras da política tradicional e deu atenção a núcleos”, afirma. “Atraiu ruralistas e militares com o discurso da segurança. Se converteu e agradou aos evangélicos, sem perder pontes com os católicos. No vazio político, acabou subindo sem perceberem.” J.F.


Mais conteúdo sobre:

BolsonaroDornellesPPPT
VOLTAR PARA O ESTADÃO