29.07.2018 | 16h01

O fantasma de Cabral assombrando Paes

O ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM) evitou qualquer referência ao ex-governador Sergio Cabral, que foi seu aliado político no MDB e que está preso, condenado por desvio de recursos. Mas Paes já percebeu que o fantasma de Cabral pode assombrar sua campanha.

“Eu respondo pelos meus atos, meu CPF é outro. Eu sempre fiz alianças, sempre me dei com partidos. Mas meu compromisso é com a população. Eu respondo pelos meus atos como indivíduo, como homem público, e na Prefeitura do Rio”, disse à repórter Constança Rezende, do Broadcast.


VOLTAR PARA O ESTADÃO