07.03.2019 | 14h34

“Ensino domiciliar é um apelo da família brasileira”, diz Damares

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou, nesta quinta-feira 7, que o ensino domiciliar, tema que está entre as prioridades da pasta para o 100 primeiros dias de governo, é um “apelo da família brasileira”.  “Nós estamos trabalhando aí uma necessidade de muitas famílias do Brasil. É um apelo da família brasileira o ensino domiciliar”, disse a ministra. Em entrevista ao canal da NBR, Damares não apresentou números sobre quantas famílias seriam beneficiadas com a medida ou como a proposta será posta em prática. Disse apenas que “não será uma coisa solta. As famílias que optarem por ensino domiciliar serão cadastradas. A escola vai saber, o Ministério da Educação (MEC) vai saber, o Ministério da Família vai saber”.

Ela afirmou que em parceria com o Ministério da Educação, está preparando o texto de uma MP que será enviada ao Congresso para regulamentar que crianças estudem em casa. A própria ministra lembrou que no ano passado, o STF decidiu não reconhecer essa modalidade de ensino. A MP, portanto, seria o melhor caminho por dar guarida às famílias que de maneira “clandestina” praticam o ensino domiciliar, disse a ministra.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO