12.08.2018 | 18h51

O desafio, segundo Malan

O ex-ministro Pedro Malan começa seu artigo no Estadão neste domingo com elogios à iniciativa de Eduardo Guardia (Fazenda) para dialogar com os economistas dos principais candidatos à Presidência. Na sequência, avalia que as incertezas de hoje na área de finanças são piores que as de 2002, quando era ministro de FHC.

“O mais urgente desafio é a redução das incertezas sobre o grau de entendimento e de comprometimento das lideranças políticas (e do Congresso) com o processo de mudanças e de reformas”, escreve.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Pedro MalanFHC
VOLTAR PARA O ESTADÃO