16.07.2018 | 17h40

O dedo do PT no aumento da mortalidade infantil

Petistas, como a senadora Gleisi Hoffmann, foram a internet compartilhar a informação que a mortalidade infantil subiu pela primeira vez desde 1990, segundo dados do Ministério da Saúde publicados pela Folha. Só tem um problema: de acordo a reportagem, o índice que cresceu foi o de 2016, ano em que Dilma Rousseff comandou o Palácio do Planalto até maio,quando foi afastada após a abertura do processo de impeachment.


Os principais motivos para o aumento da mortalidade, segundo a reportagem, seriam a epidemia do zika vírus (que começou no início de 2016) e a crise econômica. Outro dado que contribuiu para o número, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, foi o fechamento de 10 mil leitos de internação em pediatria no SUS entre 2010 e 2016. No mínimo, então, o PT tem participação nos trágicos números que está tentando jogar apenas no colo de Michel Temer.

VOLTAR PARA O ESTADÃO