06.03.2019 | 12h04

A Opinião do Estadão: O contrito

“O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, condenado a penas que somam quase dois séculos de cadeia, admitiu ao Ministério Público Federal (MPF), pela primeira vez, ter sido o maior beneficiário do esquema de corrupção sem precedentes concebido por ele para tomar de assalto o Estado que governou por sete anos, entre 2007 e 2014.”

Trecho do editorial do Estadão desta quarta-feira, 6.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO