27.10.2018 | 07h59

O comportamento do eleitor

Para o professor José Augusto Gilhon Albuquerque, da USP, o eleitor não determina o resultado da eleição – apenas reage a um cenário que lhe é imposto. Ele também tem sua teoria sobre o comportamento do eleitor. “O eleitor comum escolhe entre quais candidatos, partidos, novas políticas adotadas ou revogadas são percebidos como ameaça ao bem-estar e à liberdade do cidadão – isto é, mantêm e ampliam os privilégios e a corrupção dos poderosos – e quais, ao contrário, são percebidos como barreiras contra a opressão e a exploração do cidadão comum pela classe dirigente”, escreve em artigo no Estadão.


Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO