30.10.2018 | 18h59

O choro de Haddad com os ‘companheiros’

O petista Fernando Haddad, derrotado na disputa presidencial, chegou as lágrimas em reunião com petistas na manhã desta terça-feira, 30. Segundo reportagem da Folha, ele se emocionou ao falar da família e dos ataques que diz ter sofrido pelo WhatsApp.

Haddad afirmou que deu o seu melhor e pediu desculpas por ter eventualmente cometido erros na condução da campanha. Foi aplaudido ao dizer que gostaria de vencer a corrida presidencial pelo “legado” petista, pelo “discurso” de Jair Bolsonaro e pelo que considera ser uma “injustiça” cometida contra Lula.


VOLTAR PARA O ESTADÃO