21.05.2018 | 08h09

O caso da PM e a polarização

Em sua coluna no Globo, Ricardo Rangel discute como o caso da policial militar que matou um assaltante em frente à escola da filha, em Suzano, expôs a polarização política da sociedade e suscitou uma onda de intolerância nas redes sociais.

“Enquanto a direita repete Washington Luís, insistindo que “a questão social é um caso de polícia”, e a esquerda teima em tratar casos de polícia como questão social. Estão ambos parados nos anos 1920, e, no campeonato do atraso, todos somos derrotados.”


Mais conteúdo sobre:

pm mata assaltanteEsquerdadireita
VOLTAR PARA O ESTADÃO