27.07.2018 | 11h14

O ‘Cangaciro’ e a ‘caixinha’ do Judiciário

Em comentário no Jornal da Gazeta 2, na quinta-feira, 26, o jornalista José Nêumanne Pinto comenta as declarações de Ciro Gomes, chamado por ele de “Cangaciro”, de que, se eleito, iria soltar Lula e colocar juízes e promotores na “caixinha” deles. Segundo Nêumanne, a afirmação de Ciro representa “a exata tradução do que ele acha que pode fazer”, apesar de ter dito depois que foi “mal interpretado”.

“Ele não tem nenhum apreço pelo Estado de Direito, nenhum respeito pelo eleitor e não tem respeito também pela nossa inteligência, quando tenta transferir as besteiras que diz à intriga, ao problema da Imprensa, à mídia vendida”, diz. / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO