09.08.2018 | 16h57

O ‘ativismo raivoso’ da mídia contra Bolsonaro

O filósofo e cientista político Fernando Schüler, professor do Insper, escola de negócio de São Paulo, afirma em artigo publicado na Folha que parte da mídia brasileira está fazendo com Bolsonaro o que a imprensa americana fez com o presidente americano Donald Trump, durante a campanha eleitoral nos Estados Unidos.

“Abre-se mão de fazer jornalismo em favor da militância. O questionamento, o dado factual, o desejo de saber e informar é substituído por um difuso e por vezes raivoso ativismo”, diz. “Foi o que se viu na recente entrevista de Bolsonaro no Roda Viva. A cena toda parecia uma gincana para saber quem seria capaz de dar a maior pancada ou desconstruir o candidato. Há um tipo de retórica e um arco de opiniões ‘legítimas”’e outro que representa simplesmente o atraso e a contramão.” / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO