22.09.2018 | 19h19

O ‘apelo tardio’ de FHC

Em artigo publicado no Estadão neste sábado, 22, o colunista João Domingos diz que a a carta de FHC em que ele faz um apelo à união das candidaturas de centro para deter a “marcha da insensatez”, pode ter vindo “tarde demais”.

“Faltam apenas 15 dias para o primeiro turno da eleição. Uma virada agora, se não impossível, parece pouco provável quando se leva em conta o resultado das pesquisas sobre intenção de voto”, afirma. “Mesmo que as pesquisas sirvam apenas como parâmetro para as campanhas, pois quem decide eleição é o eleitor, suas projeções de resultados são feitas em bases científicas. Não dá para desconhecer que a situação do centro é ruim. ” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO