18.09.2018 | 11h15

O alerta da raposa

“É natural que haja grandes divisões na política. Ainda assim, a polarização atual nos leva a uma situação de insegurança com a possibilidade de candidaturas que não apenas sejam antagônicas, mas que sejam também corrosivas à possibilidade de entendimento mínimo entre campos no momento pós-eleitoral”, escreveu Marco Aurelio Ruediger na Folha.

O colunista analisa que nesta eleição, o eleitor não pode deixar que a mesma paralisia destrutiva que tomou conta do País em 2014 volte a atacar, pois há muito em jogo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO