30.07.2018 | 09h23

O alcance e a irregularidade das páginas anônimas

Nem mesmo as páginas oficiais dos candidatos ao Planalto no Facebook conseguem superar o engajamento das anônimas, que apoiam e fazem campanha para candidatos. O Estadão mostra que nos últimos três meses esse tipo de página atingiu 77,8 milhões de interações na rede social, mais que as 53,2 milhões de interações dos perfis oficiais juntos.

Para especialistas, as atividades identificadas podem configurar irregularidade pela legislação eleitoral por propaganda antecipada, com multa prevista de R$ 5 mil a R$ 30 mil.


Mais conteúdo sobre:

FacebookPropaganda eleitoral
VOLTAR PARA O ESTADÃO