20.09.2018 | 16h06

Novo vai expulsar filiado radical

Diego Dusol, o candidato a deputado federal pelo Novo que propôs “tanques de guerra” para agricultores se defenderem de invasões de terra, está sendo expulso pelo Novo. O empresário ultrapassou os limites quando criticou em vídeo o candidato do partido à Presidência da República, João Amoêdo, por “não se posicionar” em um possível segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Em nota, o diretório nacional do Novo avisa que está abrindo um processo junto a Comissão de Ética Partidária solicitando a expulsão de Dusol do quadro de filiados por tratar “como verdade um posicionamento que nunca foi defendido pelo Novo ou pelos seus candidatos e dirigentes”. “. Em virtude disto, seu nome também está sendo retirado de qualquer iniciativa de apoio que o Diretório Nacional venha a efetuar às campanhas proporcionais”, afirma a nota.


Mais conteúdo sobre:

NovoDiego Dusol
VOLTAR PARA O ESTADÃO