06.08.2019 | 17h35

Novo diretor do Inpe seguirá no cargo independentemente de dados

De acordo com o ministro da Ciência e Tecnologia, Inovação e Comunicação, Marcos Pontes, mesmo que os dados produzidos pelo Inpe sobre desmatamento sejam confirmados, o novo diretor do órgão será mantido no cargo. “Claro (que segue no cargo), a ideia é trabalhar junto com Ministério do Meio Ambiente para criar melhores dados. A discussão tem de caminhar para reduzir o desmatamento”, disse Pontes ao Estadão.

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) considerou mentirosos dados divulgados pelo órgão sobre o aumento do desmatamento da Amazônia. Na última sexta-feira, Bolsonaro exonerou Ricardo Galvão da chefia do órgão. O coronel da reserva da Aeronáutica Darcton Policarpo Damião foi escolhido ontem, 5, para assumir interinamente o comando do instituto. O diretor efetivo só será escolhido por uma lista tríplice que será montada por comissão, segundo Pontes.


Mais conteúdo sobre:

Inpe Marcos Pontes
VOLTAR PARA O ESTADÃO