04.11.2018 | 12h53

Novo apelo de Lula à ONU

Seguindo a linha de buscar apoio externo para o que não consegue resolver pelas vias institucionais no Brasil, a defesa de Lula prepara uma manifestação ao Comitê de Direitos Humanos da ONU — o mesmo que defendia a participação do petista nas eleições — sobre o ingresso de Moro na gestão de Jair Bolsonaro.

Segundo a coluna Painel, da Folha, os advogados de Lula vão lembrar que, na peça inicial apresentada ao organismo internacional em 2016, sustentaram que Moro poderia projetar uma carreira na seara política. Também vão dizer que ele sempre negou a intenção de ingressar na política. Ao que se sabe, porém, Moro não disputou eleições, não se filiou a um partido político e deverá ocupar um cargo técnico no governo. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO