14.11.2018 | 07h32

Nova acusação contra Onyx

Uma planilha entregue por delatores da JBS à Procuradoria-Geral da República aponta o pagamento de mais R$ 100 mil,  via caixa dois, em 2012, ao deputado e futuro ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni.

Reportagem da Folha mostra que, de acordo com os documentos entregues pelos delatores, os outros R$ 100 mil, além do mesmo valor que ele já admitiu ter recebido em 2014, teriam sido repassados em espécie em setembro daquele ano. Ele não concorreu a nada naquele ano, mas era presidente do DEM gaúcho.


VOLTAR PARA O ESTADÃO