22.10.2018 | 14h31

Noronha: ‘Não vi ameaça, estão exagerando’

O ministro João Otávio de Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), afirmou não ver ameça à democracia brasileira na fala do deputado eleito Eduardo Bolsonaro de que basta “um soldado e um cabo” para fechar o STF.

“O Brasil não corre nenhum risco de ter sua democracia arranhada. Não vi ameaça, estão exagerando o que ele falou”, disse ele após participar de evento na Fundação Getúlio Vargas, nesta segunda, 22, no Rio.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO