19.03.2018 | 10h16

Nordeste: um enclave da esquerda no país

Pesquisas de posse dos partidos mostram que o Nordeste virou um enclave não só lulista, mas de candidatos de esquerda no país. Partidos de esquerda lideram projeções no Maranhão, no Ceará, na Bahia, na Paraíba, em Pernambuco e no Piauí. A reeleição ajuda a fomentar esse quadro, mas ele deve ter impacto na sucessão presidencial.

A resiliência da esquerda, mesmo após a debacle petista e as denúncias da Lava Jato, explica o temor de candidatos como ACM Neto (DEM) enfrentarem petistas ou aliados nas disputas estaduais. E também é a razão pela qual Geraldo Alckmin busca no Nordeste o vice de sua chapa — e não esconde a preferência pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO