01.08.2018 | 13h52

No WhatsApp, a reação dos bolsonaristas ao Roda Viva

Durante a exibição do Roda Viva com Jair Bolsonaro na segunda-feira, 30, o UOL acompanhou um grupo de seguidores do candidato no WhatsApp, com cerca de 200 participantes, incluindo o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), desembargadores, delegados e oficiais da PM, para avaliar a reação dos bolsonaristas.

Segundo a reportagem, a bancada de jornalistas do programa foi um dos principais alvos dos membros do grupo. “São perguntas sem pé nem cabeça. Estão falando da ditadura, não tem nada a ver. Não duvido nada daqui a pouco eles falarem do (massacre do) Carandiru”, afirmou um dos participantes. “Eles querem pegar uma coisinha, um erro, alguma coisa assim. Falar do passado”, disse outro. “Quanto mais eles batem, mais voto ele ganha, porque fala o que o povo quer ouvir”, declarou um terceiro. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO