23.03.2018 | 09h48

No Planalto, torcida discreta por Lula

No Palácio do Planalto, o julgamento do habeas corpus de Lula, do outro lado da Praça dos Três Poderes, foi acompanhado com discrição. Ministros de Michel Temer evitaram dar declarações públicas a respeito do tema, mas reservadamente admitem que existe apreensão com o resultado: se Lula for preso, se abriria a porteira para demais investigados na Lava Jato, alguns deles com cargos no próprio palácio. Reportagem do Globo descreve a “torcida silenciosa” dos governistas pelo adversário petista.


VOLTAR PARA O ESTADÃO