18.09.2018 | 12h07

No encalço do filho de ministro

O filho do ministro Tribunal de Contas da União (TCU) Aroldo Cedraz, o advogado Tiago Cedraz, foi um dos alvos dos mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF no âmbito da 4.ª fase da Operação Registro Espúrio, informa o Estadão. Os policiais foram ao seu escritório e à sua casa.

Segundoa PF, o grupo criminoso alvo da ação atuava “junto a entidades interessadas em obter fraudulentamente restituições de contribuições sindicais recolhidas a mais ou indevidamente da CEES (Conta Especial Emprego e Salário)”.


Mais conteúdo sobre:

Tiago CedrazAroldo CedrazTCU
VOLTAR PARA O ESTADÃO