23.04.2018 | 11h14

Ninguém reage por Aécio

Aécio Neves virou réu sem gerar a comoção e a defesa ferrenha que Lula recebeu ao ser preso. Por outro lado, seus oponentes não fizeram muita festa nem ressaltaram a ‘vitória’. Ricardo Rangel escreve no Globo que esses sintomas são “emblemáticos”.

“Os eleitores de Aécio, cientes de que foram traídos, não lhe dedicam amor, mas desprezo, e a esmagadora maioria comemora que mais um criminoso será punido. Uma minoria, cujos gritos de ‘e o Aécio?’ cessaram, está atônita, e de luto, pois a morte de Aécio inviabiliza a narrativa do ‘golpe'”, escreve.

 


Mais conteúdo sobre:

Aécio Neves
VOLTAR PARA O ESTADÃO