20.02.2019 | 15h24

Nas redes sociais, oposição reage à reforma

A oposição ao governo Jair Bolsonaro iniciou nas redes sociais uma campanha contra a reforma da Previdência. Com a hashtag #ReajaOuSuaPrevidênciaAcaba, que durante a tarde foi o assunto mais comentado do Twitter no Brasil, políticos manifestaram descontentamento com o texto apresentado pessoalmente pelo presidente no Congresso.

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse que a “reforma da Previdência apresentada é uma afronta” e que ela “impõe pesadas perdas aos mais pobres”. O coordenador do MTST e ex-candidato à Presidência, Guilherme Boulos (Psol), escreveu que a reforma “ataca” o Benefício de Prestação Continuada de forma “cruel” e “humilhante”. Para a deputada federal e presidente nacional do PT, a reforma vai prejudicar “os que ganham menos e os que têm uma expectativa de vida mais baixa”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO