26.09.2018 | 13h37

Nas mãos do TRF-4

A defesa de Lula entrou com pedido de tutela de urgência no TRF-4, na terça, 25, para que o ex-presidente possa gravar vídeos de apoio à campanha de Fernando Haddad.

No dia 18, o TSE votou por unanimidade pela aparição do petista preso no material de divulgação do presidenciável, desde que respeitando o limite de 25% do tempo máximo reservado a apoiadores.


Mais conteúdo sobre:

LulaFernando Haddadeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO