01.10.2018 | 16h30

Não vai faltar corneteiro

Fernando Haddad cumpriu hoje cedo o roteiro de pedir a benção de Lula, na prisão, em Curitiba. Mas antes de se encontrar com o ex-presidente, precisou participar da cerimônia de dar “bom dia” para Lula na vigília que os fãs do petista mantém por lá.

Haddad pode até virar presidente. Mas como está heradando o espólio do ex-presidente precisou ouvir as cornetadas de João Pedro Stédile, um dos líderes do MST, que disse que o candidato seria o tocador do “governo Lula” e que já estava organizando reuniões para deliberar ações que um eventual governo petistas precisará adotar. Ou seja, não vai faltar gente para lhe dizer o que deve fazer se ganhar. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Fernando HaddadLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO